O Cuidado Psicanalítico.

Acolhendo Sofrimentos.

É importante ressaltar que a Psicanálise não oferece soluções rápidas ou mágicas para esses problemas. O processo terapêutico é um trabalho conjunto entre o paciente e o psicanalista, que visa a compreensão dos conflitos inconscientes e o desenvolvimento de recursos internos para lidar com o sofrimento.

  • Transtornos de ansiedade: como fobias, pânico, ansiedade generalizada e estresse pós-traumático.
  • Depressão: incluindo sintomas como tristeza profunda, perda de interesse, alterações no sono e apetite, e pensamentos suicidas.
  • Transtornos alimentares: como anorexia, bulimia e compulsão alimentar.
  • Transtornos de personalidade: como borderline, narcisista e antissocial.
  • Obsessões e compulsões: pensamentos intrusivos e comportamentos repetitivos que causam sofrimento.
  • Dificuldades nos relacionamentos: problemas de comunicação, conflitos familiares, dificuldades em estabelecer vínculos afetivos.
  • Traumas: experiências passadas que continuam a causar sofrimento no presente.
  • Conflitos internos: sentimentos contraditórios, dúvidas sobre a identidade, dificuldade em tomar decisões.
  • Baixa autoestima: insegurança, sentimento de inferioridade, dificuldade em se valorizar.
  • Luto: dificuldade em lidar com a perda de um ente querido.